Direito de “ter” o filho


Interessante algumas pessoas acharem que tem o direito de interferirem na vida de outras. Ninguém tem direito de interferir na vida do outro, apenas a necessidade de interferir (para o bem). Outra coisa importante é quererem refutarem a frase TER MEU FILHO. é verdadeira sempre, não se pode tirar o MEU da frase então o filho pertence a mim portanto eu devo TER ele, pois me pertence.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s