Modelo de pai divorciado

Destacado

12039549_892475090840769_7110602878025496282_n

Como o pai divorciado é visto pela justiça brasileira

Está ai mais um exemplo de pai divorciado para a justiça brasileira.

Mais um leproso criado pelos tribunais de justiça do Brasil, trabalhando para pagar a pensão alimentícia ao filho.

13872769_1125419080866185_2522412121205911168_n

 

A Justiça sempre cega não consegue perceber a diferença das imagens porque foi a Justiça que construiu está imagem engessada e estatuada do pai.

 

O Papel do pai e sua influencia

Durante a gravidez, o filho pertence a mãe, ele faz parte da mãe ele compartilha alimentos e emoções da mãe, ele é um apéndice da mãe.
Depois que o filho nasce, ele passa a ter atitudes próprias, ele ainda é controlado pelo meio em que vive e pela influencia das pessoas próximas.
Então ele começa a pensar e descobrir tudo que o mundo pode oferecer para ele, a partir de seus sentidos.
Depois ele começa a perceber que ele támbem pode interagir com o mundo e ter vontades próprias.
Depois disso ele começa a perceber que pode realiar suas vontades de diversas formas e lutar para que elas sejam satisfeitas.
Depois ele descobre que é ignorante e que não sabe nada além do basico que lhe foi ensinado e que o mundo tem muito mais coisas para se aprender, então ele começa a estudar o mundo e tentar aprender mais sobre ele a partir de suas dúvidas e perguntas que surgem a partir de seu conhecimento e seu pensamento a respeito.
A mãe está presente em todas essas etapas de evolução. Ela é a pessoa qe o auxilia em cada passo de aprendizagem, sobre o mundo, sobre sí mesmo e sobre a vida dos outros seres vivos.
O pai funciona como um exemplo, um exemplo de seu futuro, um exemplo de evolução e do que ele sera quando chegar na maioridade.
Uma criança sem pai, não tem exemplo de futuro. Ela é complexidada e vive como se tivesse algum buraco em sua vida. Alguma coisa faltando. Ela percebe que falta seu exemplo de futuro, então é como se faltasse parte de seu futuro.
Ela então tem dificuldades para evoluir, pois ela não tem certeza de como sera seu futuro. Ela então vive apenas no presente. Ela só aprende o que pode ser util no presente sem pensar no que pode ser util no futuro.
Então ela tem dificuldade na escola, não consegue aprender matemática de uma maneira mais profunda pois não encherga em que isso pode ser util em seu futuro.
Ela não pensa em ter profissão, pois ela não tem exemplo de profissão de seu pai, um dia ele percebe que precisa de dinehiro para viver então ele descobre que precisa de um emprego, e não de uma profissão e esse emprego pode ser qualquer coisa que traga dinheiro. Mas não uma profissão que transforme o mundo em que vive, apenas um emprego que ele possa realizar com suas habilidades que possui no momento.
Então ele tenta ser auxiliar de pedreiro, estagiário, lixeiro, bombeiro, entregador de jornal, nada que exija muito de seu conhecimento, já que ele não precisa de muito conhecimento para viver e não tem exemplo de pai para lhe mostrar que o conhecimento é importante.
Ela é uma criança triste, procura não pensar muito, para não questionar seu presente que não pode mudar.
Ela é vitima de seus pensamentos e dos pensamentos dos que estão em sua volta.
Então ela pensa de acordo com os que estão em sua volta. Não tem autonomia para modificar o pensamento dos outros.
A criança fica sedentaria e obesa ou se entrega aos esportes como o futebol que dá prazer momentâneo.
Suas notas na escola são medíucres já que não tem motivos para se sobresair e se esforçar para ser melhor que os outros, ou até mesmo para melhorar a sí mesmo que não seja para tirar a nota média passar de ano e se livrar da escola de vez por livre e espontânea abrigação pressionante.
Quando adolescente se entrega aos vicios, cigarro, bebida, talvez até drogas, pois não sabe diferenciar o que pode fazer bom ou mal para sua vida.
Ela fica nesse circulo vicioso, até que alguem possa lhe mostrar que seu futuro pode ser diferente, pode ser melhor, pode ser além de suas espectativas e seus desejos no presente.
E a pessoa que tem o papel de mostrar um grande futuro para esse jovem e influenciar no melhor futuro possivel é seu pai.
Sua mãe támbem pdoe influenciar, mas não convencer seu filho da mesma forma que seu pai. E do exemplo de futuro que seu pai lhe mostra não apenas com palavras mas com seus atos de vida em geral.
O pai é o melhor exemplo de futuro para um filho e o filho acredita que seu futuro por mais diferente que possa ser sera pelo menos semelhante ou igual ao de seu pai.
Se a criança não tem um bom exemplo de pai, talvez possa espelhar em seu tio, avó ou primo mas nunca é a mesma coisa.
Quando uma mãe tira um pai de uma criança, é porque ela não quer dar o exemplo de pai para essa criança, pois acha que ele não é um bom exemplo a ser seguido.
Algumas mães ainda acham que poir pior que o pai seja ele sempre servira como exemplo nem que seja um exemplo a não seguir, chegando a levar seus filhos periodicamente na cadeia para visitar seus pais presidiários.
Então o papel do pai não é cuidar do filho, isso a mãe pode fazer muito bem e até melhor em muitos aspéctos.
O papel do pai, e ser um bom exemplo para seu filho. Ter um bom papel na sociedade e mostrar para seu filho um exemplo de futuro descente e digno de um bom cidadão.
Sem esse exemplo, a criança por mais que se esforce será mais um ignorante numa sociedade de ignorantes medíucres.
Pais, antes de pensarem no futuro de seus filhos, pensem no presente que estão construindo para sí mesmos e no exemplo que deixarão para eles durante todo o processo de crescimento que seus filhos terão de passar até a maioridade.

pai_e_filho_31-600x404